Notícias - Equipe de Atletismo Ligeirinhos Projeto social apoiado pela Camilo dos Santos vai muito além do incentivo ao esporte - Rodoviário Camilo dos Santos

Equipe de Atletismo Ligeirinhos Projeto social apoiado pela Camilo dos Santos vai muito além do incentivo ao esporte

Olimpíadas, campeonatos nacionais, torneios estaduais, duelos regionais, corridas individuais... Neste 2020, os grandes e pequenos eventos, coletivos ou individuais, das mais variadas modalidades e de todos os portes, sofreram os impactos da chegada avassaladora da Covid 19, sendo adiados e, na maioria das vezes, cancelados. Sem competições à vista, objetivos, metas definidas a curto prazo, com recursos financeiros reduzidos, tudo isso somado à necessidade de ficar dentro de casa, iniciativas sociais vinculadas ao esporte tiveram, ou melhor, estão tendo, que se reinventar. Uma sobrevivência que tem se tornado possível diante da forma com que empresas, como a Camilo dos Santos, decidiram continuar apostando no esporte, mesmo diante de um cenário econômico tão desafiador.

Nas pernas que um dia a levaram à medalha de bronze nos jogos Pan-Americanos de Winnipeg, a um bicampeonato na Maratona de São Paulo e ter sido a melhor brasileira na São Silvestre em 1997 e 1998, hoje corre um orgulho ainda maior: o trabalho social. É assim que a atleta Viviany Anderson continua fazendo história. Há cinco anos, ela é a responsável pela Equipe de Atletismo Ligeirinhos, no bairro Filgueiras, em Juiz de Fora, que atende crianças e jovens de 05 a 12 anos no contra turno escolar. “Comecei com 15 crianças e hoje estamos com 35, uma quantidade limite para que possamos fazer o transporte de ônibus”, explica. O destino desse transporte, como ela conta, são as competições, embora o foco não seja esse. “As provas são mais uma oportunidade para eles passearem, se distraírem. O projeto tem um objetivo social, de interação, de tirar essas crianças das ruas e das drogas, oferecendo lanche, atividades de lazer e até reforço escolar com o apoio de voluntários”.

 
Em todo esse tempo, a iniciativa recebe um apoio financeiro mensal da Camilo dos Santos que, aliás, já apoia Viviany em outras ações. “Eles estão comigo há sete anos, desde que criei a Associação Atlética com meu nome, me ajudando a viabilizar essas iniciativas sociais e custear o transporte para passear e para outras competições, o que é fundamental para manter as crianças motivadas.” Mas, segundo ela, o mais importante “é que a Camilo dos Santos dá continuidade ao patrocínio. Nesses anos todos, nunca houve interrupção”.
 
“O mais importante é que a Camilo dos Santos dá continuidade aos patrocínios”
Viviany Anderson
Ex-atleta profissional e coordenadora do projeto social Ligeirinhos
 
E é pela função social que o Ligeirinhos, tão logo foi possível diante das pandemia, retomou suas atividades com as medidas de segurança recomendadas. “Todos têm que ir de máscara, fazem o uso de álcool em gel e oferecemos lanches para que possam iniciar os treinos. Precisamos incentivá-los para o esporte, pois percebo como hoje é mais difícil de encontrar talentos. Na minha época, os atletas tinham mais persistência e determinação em relação à atual geração, tão voltada para a internet.”
 
Outra iniciativa para manter o projeto e os recursos financeiros ativos durante a pandemia foram as corridas virtuais Ligeirinhos. Em três edições, o evento recebeu cerca de 250 inscritos permitindo a construção de uma varanda e aquisição de um latão para a realização de trabalhos com recicláveis. E, segundo Viviany, a meta é não parar por ai. “Em novembro, faremos uma quarta edição com o objetivo de arrecadar recursos para a confraternização de Natal das crianças.” E ela sabe que pode contar com a Camilo. “Sou muito grata a eles pela continuidade do patrocínio em todos esses anos. É ele que nos permite manter o projeto até hoje.”