Notícias - Camilo dos Santos reduz impacto de emissão de CO2 com projeto de otimização de energia - Rodoviário Camilo dos Santos

Camilo dos Santos reduz impacto de emissão de CO2 com projeto de otimização de energia

 No dia dedicado ao Combate à Poluição no país, 14 de agosto, a Camilo dos Santos apresenta resultados de como pretende chegar cada vez mais longe no transporte de cargas: preservando o meio ambiente. Um compromisso que hoje já é realidade, com a redução de, aproximadamente,16 toneladas de CO2 mensais, o que corresponde ao plantio médio de 105 árvores por mês. Tudo isso com a implantação de um ousado projeto de otimização em energia elétrica, por meio da instalação de placas solares fotovoltaicas em toda a ampla estrutura física, localizada na unidade matriz em Juiz de Fora (MG).

 
“Sem dúvidas, a Camilo dos Santos hoje está na vanguarda na geração de energia limpa, contando com uma das maiores instalações do tipo em toda a região”, ressalta Luiz Sigiliano, diretor comercial e de marketing da Arion, empresa responsável por todo o trabalho. Ele conta que, apesar de alguns desafios, uma vez que se tratava de um galpão muito alto, tudo foi implementado de forma muito rápida. “Desde a entrada do projeto na Cemig até a geração própria de energia foram cerca de três meses”. 
 
Embora a expectativa do retorno do investimento financeiro seja de até três anos, a Camilo dos Santos já colhe frutos da iniciativa. Implantado em agosto de 2019, ou seja, há exatamente um ano, o sistema de otimização de energia gera, atualmente, uma média de 8.000 kw/h por mês. Em um ano, serão quase 100.000 kw/h, o que representa uma significativa economia anual de R$100 mil para a empresa.
 
“A sustentabilidade e a responsabilidade de uma empresa com a sociedade precisam ser buscadas de várias formas. Aqui na Camilo isso é um princípio, um valor. Mais do que a economia, o que está em jogo é a nossa própria inserção na comunidade e no ambiente em que atuamos. Esses recursos serão sempre reaplicados na própria empresa, no bem-estar dos nossos funcionários, no encantamento dos nossos clientes e em novos projetos de preservação e economia limpa”, explicou o gerente de Comunicação e Performance, Michael Guedes.
 
E as expectativas são ainda mais promissoras, uma vez que as placas solares garantem uma performance de até 25 anos. Ou seja, mais de duas décadas de economia de recursos financeiros aplicados em um universo de vantagens para o meio ambiente, com o uso de uma energia limpa, renovável, sustentável e também inesgotável. E isso é só o começo.