Notícias - Camilo dos Santos e Macalé Produtos para Laticínios: Parceria garante agilidade na entrega e contribui numa trajetória de credibilidade - Rodoviário Camilo dos Santos

Camilo dos Santos e Macalé Produtos para Laticínios: Parceria garante agilidade na entrega e contribui numa trajetória de credibilidade

 Talvez você não faça ideia mas, diariamente, eles estão presentes em nossas refeições. Também é bem provável que, ao abrir a geladeira, lá estarão eles, em algum de seus variados produtos. Aliás, para um bom mineiro, ele é patrimônio nacional, afinal, em nosso Estado, assim como em diversas cidades do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, um pedaço de queijo ou sua adaptação mais famosa - o pão de queijo - vai levar algum insumo do Macalé Produtos para Laticínios. Investindo em pesquisa, tecnologia e boas parcerias, há 65 anos o Macalé vem escrevendo sua história na produção de matérias primas para a fabricação de queijos, iogurtes e outros derivados lácteos. Uma trajetória que vem atravessando gerações, unindo família, conhecimento e vocação em uma história na qual a Camilo dos Santos se orgulha em fazer parte.   

 
“Somos clientes da Camilo há muitos anos e sempre tivemos muita afinidade, seja pela essência familiar de nossos negócios, da origem em Juiz de Fora, por ser comandada por pessoas de nosso relacionamento, mas, especialmente, porque tanto a Camilo como o Macalé têm como essência o atendimento prestigioso aos clientes”, ressalta a diretora executiva, Luciana Bomtempo Furtado. Segundo ela, esse último quesito é fundamental no segmento, pois garante agilidade. “A maioria dos nossos mercados é de pequenas e médias empresas que, hoje, não trabalham com estoques altos. Isso torna o giro de compras maior, com valores menores e, graças a Camilo, conseguimos fazer um trabalho bacana, cumprindo prazos e com entregas rápidas”. E ela completa: “Em todos esses anos, nunca tivemos problemas sérios. Pelo contrário. Sempre fomos muito bem servidos, com muita presteza, competência, pessoas de fácil acesso. Com isso, cada vez mais, abrimos novas oportunidades de trabalho contando com a Camilo.”
 
A verdade é que, desde que nasceu, o Macalé vem conquistando, com credibilidade, novos mercados. Em 2002, por exemplo, ela se tornou a distribuidora da dinamarquesa CHR Hansen, multinacional que desenvolve soluções em ingredientes naturais para indústrias de alimento, nutrição, farmacêutica e agrícola. Um convite que veio coroar uma empresa que, com pesquisa e dedicação, chegou para revolucionar o setor laticinista. "Em 1956, meu pai e mais dois professores do Instituto Cândido Tostes começaram a fabricação de um corante de urucum para a fabricação de queijos pratos. Até então, o produto era importado da Dinamarca, sendo que o Brasil já era um grande produtor de urucum”, lembra Luciana.
 
Uma história que Luciana vivencia desde que nasceu. “Quando nasci, o Macalé já existia e, desde muito nova, tínhamos consciência de que era um negócio fundado pelo meu pai e que exigia dele muita dedicação, trabalhando muitas horas extras”, lembra. Presente na empresa desde 1985, não faltaram motivos pra que ela também se apaixonasse por esse universo. “Iniciei trabalhando com meu pai, como funcionária. Fiz minha graduação em Ciências Biológicas e, aos poucos, fui entendendo mais sobre a empresa, mercado, clientes, sobre o mundo laticinista. A cadeia do leite é muito desafiadora, são produtos muito distintos, produtores diferentes. Assumimos grandes compromissos com famílias, profissionais, associados, funcionários”. Mas, segundo Luciana, todos os sacrifícios têm sido válidos. “Desde o início, pude perceber a grande credibilidade que tínhamos no mercado. Ao mesmo tempo, sempre foi muito agradável poder desenvolver, crescer e fazer tudo com muito amor pela minha família, pelo meu pai, pelos nossos clientes. Ficamos felizes em ver no mercado produtos saudáveis, de qualidade, que podem ser consumidos com tranquilidade. Isso é muito gratificante”, orgulha-se.