Notícias - Crise reforça o que a loja Dondoka faz de melhor: agradar suas clientes - Rodoviário Camilo dos Santos

Crise reforça o que a loja Dondoka faz de melhor: agradar suas clientes

 Administrar sempre foi uma vocação. Tanto que Karyna Botezine se formou na área, se especializou e atuou por muito tempo no setor de licitações. Porém, o coração também batia forte por outro segmento bem específico: o de moda. Assim, durante algum tempo, ela conciliou o trabalho como administradora, durante o dia, com a venda de roupas para as amigas, as “dondokas”, o que fazia de carro, no período da noite. Mas o bom gosto dos looks, o sucesso do negócio e o incentivo da família e das amigas logo exigiram que Karyna fizesse uma escolha. E ela não teve dúvida, abrindo há sete anos a Dondoka, loja de roupas e acessórios para o público feminino, criada para que suas clientes se sintam exclusivas e paparicadas, exatamente como sugere o nome da marca.

 
Para o novo desafio, Karyna decidiu se capacitar ainda mais, se especializando em gestão de negócios. “Depois do carro, iniciei com uma loja em um cantinho da minha casa, até que a demanda aumentou e eu vi a necessidade de ter uma loja física, abrindo uma unidade no centro de Juiz de Fora”, lembra. Do início improvisado à consolidação de uma sede própria, uma parceria tem sido fundamental: da Camilo dos Santos. “Eles estão comigo desde que comecei, em outubro de 2013, trazendo mercadorias dos fornecedores, num convívio direto e em uma relação de extrema confiança”, ressalta. “Com a Camilo, nunca tive atraso. São todos sempre muito solícitos, do gerente ao entregador, e isso se estende aos profissionais que estão atualmente ou todos que já passaram por lá. Sou muita grata por essa parceria.”
 
Segundo Karyna Botezine, esse elo de confiança foi muito importante para superar um momento tão atípico quanto o da pandemia. “A Camilo sempre participou e contribuiu muito. Mesmo com todos os fornecedores fechados, em São Paulo, tornando o processo todo online, eles iam buscar as mercadorias e trazer, todos os dias se necessário”. Tudo isso, ela recorda, foi fundamental para que o ano desafiador se transformasse em um período de muito aprendizado. “Em março de 2020, quando a pandemia estourou, tivemos um impacto muito grande, com estoque parado. Mas, a partir de abril, começamos a bombar. Sempre tivemos um movimento presencial muito forte, mas reforçamos ainda mais o online.”
 
Dentre as medidas utilizadas pela Dondoka para vencer a crise esteve, mais uma vez, a capacitação. “Comecei a estudar, montar estratégia, focar no engajamento, tentando me reaproximar ao máximo dos clientes e da realidade daquele momento”, revela. Criatividade e dedicação não faltaram nessa caminhada. “Mantivemos um provador em casa em que montávamos os looks de acordo com o gosto do cliente, com todos os tamanhos, perfis e idades, já que nossa loja atende a família inteira, das crianças às avós”, exemplifica. Ao mesmo tempo, “potencializamos as postagens, bolamos várias promoções, fizemos uma ação em lives em que a cliente que postasse e marcasse a Dondoka ganhava cupom de desconto”. E não parou por aí. “Também começamos a vender looks mais confortáveis, passando a oferecer pijamas e roupas apropriadas para o ‘fica em casa”. Com confiança, Karyna espera que 2021 seja um ano próspero, de muitas conquistas e realizações, “especialmente por poder ter de volta o contato físico com as nossas dondokas, pois sentimos muita falta de tê-las conosco em nosso convívio diário”, conclui.